Volta para página inicial Conheça o Monza Clube do Brasil Participe do Clube Confira a agenda do Monza Clube Mapa do site A maior montadora do país Um marco na indústria automobilística Parceiros do Monza Clube Shopping Fale Conosco
 
Clique aqui para voltar à página inicial do SOS Auto
..

Os esclarecimentos abaixo são referentes à Injeção Eletrônica - Oscilação

 
S.O.S. publicado em: 13/04/2010
Enviado por: Graciano Neto (Volta Redonda, RJ)
Características do carro: Monza Classic SE 2.0 EFI, 1992, gasolina  + GNV

Dúvida: o meu carro não tem marcha lenta, ocorrendo muita oscilação e, as vezes, chegando até a morrer. Me informaram que poderia ser o sensor de rotação ou falta de aterramento, sendo que o motor de passo foi limpo e o carro continua com o mesmo problema na rotação?

Resposta do consultor técnico Carlos Freire: Graciliano, a marcha lenta instável pode ter causa em qualquer sensor da injeção eletrônica (por exemplo, sensor de borboleta) e no atuador de marcha lenta. Entrada falsa de ar na admissão, TBI, hidrovácuo, bem como as tomadas de vácuo conectadas em lugares errado, também contribuem para o sintoma. Por isso, sempre recomendo uma avaliação com critérios, avaliando o funcionamento de todos os sensores e comparando com a tabela fornecida pela montadora. Essa avaliação nos sensores deverá ser feita usando cada sensor em seu menor valor e maior valor de funcionamento e valores médios para comparação.

 
Volta para página inicial Conheça o Monza Clube do Brasil Participe do Clube Confira a agenda do Monza Clube Mapa do site A maior montadora do país Um marco na indústria automobilística Parceiros do Monza Clube Shopping Fale Conosco

Monza Clube do Brasil - Todos os direitos reservados