Volta para página inicial Conheça o Monza Clube do Brasil Participe do Clube Confira a agenda do Monza Clube Mapa do site A maior montadora do país Um marco na indústria automobilística Parceiros do Monza Clube Shopping Fale Conosco

..

..

O "Útero da Terra"! É assim que podemos chamar São Thomé das Letras, localizada no Estado de Minas Gerais, e que passamos a apresentar à Família Monza Clube a partir desse momento. Você terá a oportunidade de conhecer a cidade do coração de nosso Clube. Um local de natureza exuberante!

Conta a lenda que, em meados do século 17, o escravo João Antão fugiu da fazenda Barão de Alfenas e passou a morar sozinho em uma gruta. Certo dia, apareceu um senhor trajado de vestimentas brancas e lhe entregou uma carta de alforria, a qual deveria ser entregue ao Barão de Alfenas.

Após a leitura da referida carta, o Barão solicitou que João o levasse em sua gruta para conhecer este senhor, o qual escreveu nessa carta linhas tão perfeitas que, naquela época, era difícil de se encontrar uma escrita assim. Ao chegarem à gruta, não encontraram ninguém mas, no entanto, avistaram uma estátua de São Thomé esculpida em madeira.

Na ocasião, construiu-se uma igreja ao lado da gruta onde, atualmente, localiza-se a Igreja Matriz. No ano de 1740 inicia-se a formação de uma vila ao redor dessa Igreja onde mais tarde, já uma pequena cidade construída, foi batizada de São Thomé das Letras.

Por que São Thomé das Letras? Justamente por causa da imagem (atualmente no altar da Igreja Matriz) e das inscrições rupestres, em tons avermelhados e semelhantes às letras da carta, existentes até hoje na "Gruta de São Thomé". Decifrar essas inscrições ficam por conta e a imaginação de cada morador, de cada explorador e, principalmente, de cada monzeiro(a) que vier a visitar São Thomé.

A cidade de São Thomé está a quase 1.500 metros de altitude e um detalhe: é o único local do planeta Terra com um grandioso afloramento de rochas de quartizito. A partir de 1950, a cidade passou a exercer uma atividade produtiva através da extração das pedras e somente na década de 80 o turista começou a explorar a natureza exuberante contida no local.

O clima da cidade é muito agradável durante o dia e um ar muito puro. Antes que a noite caia, suba até o Cruzeiro para vislumbrar um lindo pôr-do-sol no ponto mais alto da cidade e com uma visão de 360 graus. Já de noite, um clima de montanha, mais frio e úmido, incita os turistas a sairem agasalhados para visitarem as feiras de artesanato, incluindo-se as casinhas de pedra feitas com as pedras de São Thomé, além de saborearem pratos típicos como, por exemplo, um das exclusividades de São Thomé das Letras: deliciosas pizzas na pedra. A cidade, apesar de ter um aspecto simples, possui uma população acolhedora e de coração aberto para alugarem as suas próprias casas aos turistas.

Há diversas maneiras de se instalar na cidade. Andando-se pelas ruas, o que mais se encontram são pousadas, campings e alojamentos de todos os tipos. Tudo depende de quanto dinheiro você irá quer gastar. Mas, sempre pensando no bem-estar da Família Monza Clube, não deixe de consultar as pousadas recomendadas e indicadas pelo Monza Clube do Brasil. Para isto, clique aqui.

saothome_destaque_in_03.jpg (17275 bytes)

Não há palavras que possam expressar o porque visitar São Thomé. Só mesmo conhecendo-a para sentir uma sensação diferente. Já dizia um velho ditado que "a primeira vez a gente nunca esquece". No caso dessa cidade, a sensação de sempre querer voltar ficará presente ou, as vezes, não desejando sair de lá.

O misticismo que ronda a região é enorme. Há ainda pessoas que dizem visualizar OVNIs e, inclusive, já terem feito contato com extra-terrestres. É o caso do sr. Oriental Luiz Noronha, morador da cidade. Segundo ele, o pico de aparições se deu entre 1982 e 1986. Em um de seus livros, relata o contato com esses seres, além de ter documentado aparições através de fotos e vídeos.

Uma outra lenda diz que a "Gruta do Carimbado", localizada a 4 km de distância do centro da cidade, abriga labirintos que jamais foram explorados e um desses caminhos levaria à cidade sagrada do povo Inca, Machu Pichu.

Monza Clube do Brasil - Todos os direitos reservados