Volta para página inicial Conheça o Monza Clube do Brasil Participe do Clube Confira a agenda do Monza Clube Mapa do site A maior montadora do país Um marco na indústria automobilística Parceiros do Monza Clube Shopping Fale Conosco

.

Você já ouviu falar em carbonização?

A Autoplast participou do 3º Encontro Nacional do Monza Clube e, através de um consultor técnico especializado, realizou um check-up gratuíto no motor do veículo para medir o nível de carbonização do propulsor.

No evento, a Autoplast também demonstrou e sorteou diversos de seus produtos  entre aqueles participantes que colaboraram com a arrecadação de alimentos não-perecíveis.

Clique nas imagens abaixo para vê-las ampliadas

 

 

O trânsito intenso, principalmente nas grandes metrópoles, percursos curtos e a atual má qualidade dos combustíveis, provocam a carbonização. Ao dar a partida com o motor frio, uma grande parte do combustível contamina o óleo, e a queima gera uma fuligem que contamina a sonda lambda.

O óleo lubrificante tem, entre suas funções, as de lubrificação, refrigeração e vedação dos cilindros. Na proporção direta de uso, o óleo vai perdendo tais características, aumentando a vazão do BLOW BY (dispositivo antipoluente criado para eliminar a emissão de gases evaporativos do cárter, através de um processo de recirculação) que arrasta vapores de óleo, contaminando os sensores de marcha lenta (motor de passo), corpo de borboleta e o cabeçote.

Por outro lado, a fuligem carboniza a sonda lambda e esta passa a informar ao módulo, mistura rica. O módulo irá, sistematicamente, corrigir para mistura pobre. A mistura ar com pouco combustível deixa de refrigerar a cabeça do pistão e este passa a superaquecer o cabeçote.

......

O BLOW BY, arrastando vapores de óleo, provocará a carbonização das válvulas de admissão, prejudicando a vedação das mesmas, carbonizando a câmara de combustão e acentuando ainda mais o processo na sonda lambda e do próprio catalisador.

O óleo já deteriorado, ao passar pelo cabeçote superaquecido, irá se decompor formando uma goma que, ao atingir o cárter, pode provocar uma obstrução na bomba de óleo.

Produtos Autoplast
..

Em alguns modelos, a flauta _ou os injetores_ localizam-se numa parte de aquecimento excessivo no cabeçote, provocando a "fritura" da gasolina, gerando também a goma. Ao ligar o motor, a gasolina armazenada na linha do retorno arrasta as gomas pelos dutos de combustível, podendo restringir a passagem, sobrecarregando a bomba de combustível, podendo provocar depósitos de goma no tanque.

Não existe uma regra que determine quando deve ser executada a descarbonização do motor, mas alguns sintomas indicam a presença:

** Formação pastosa na tampa do óleo no cabeçote
** Oscilações da marcha lenta
** Nível elevado de emissões de gases (CO e HC)
** Compressão dos cilindros desequalizada, ou seja, baixo rendimento.

Monza Clube do Brasil - Todos os direitos reservados